11 sites que vão ajudar você a encontrar emprego

iStock

Em momentos de crise econômica, é comum que haja cortes de pessoal, e consequentemente a rotatividade de funcionários aumente. Quer você esteja pensando em mudar de emprego, quer seu local de trabalho tenha sido atingido pela crise, a internet está cheia de ferramentas para quem precisa encontrar novas oportunidades profissionais. Abaixo reunimos alguns sites que podem ajudar nessa busca.

A maioria aqui são buscadores especializados em vagas de emprego, que indexam anúncios de vários sites, agregando várias possibilidades de trabalho em apenas um endereço da web. E para quem está com o orçamento apertado, a notícia boa é que a maioria desses serviços estão disponíveis gratuitamente. Confira:

Jora 

Buscador da empresa australiana JobSeeker Pty Ltd, que chegou ao Brasil recentemente e funciona como um indexador de vagas disponíveis em diferentes sites.

Catho 

Um dos sites de vagas mais populares do Brasil, é uma agência que intermedia a relação entre candidatos e empresas interessadas em contratar.

Indeed 

Outro buscador gratuito que funciona como um banco de dados de vagas em todo o país. As empresas cadastram seus anúncios e o buscador classifica as vagas pela localidade procurada.

Infojobs

Anuncie seu currículo de graça e receba ofertas de emprego por email. O site traz também seções de cursos e concursos.

Carreer Jet

Reúne vagas de mais de 20 mil sites em todo o mundo, oferecendo também, busca por setor e localidade.

Mitula

Presente em 38 países, o Mitula é uma espécie de lista de classificados online que reúne anúncios de empregos, carros e imóveis.

Curriculum

Buscador especializado em vagas. Como o Google, faz auto preenchimento, ajudando você a

Glix 

Mais um buscador nacional de vagas de emprego, carros e imóveis.

Trovit

Aqui, além de procurar oportunidades, você pode fazer upload do seu currículo. Abrange 43 países.

Empregos.com

Oferece vários critérios de refinamento da busca, e apresenta as vagas já com uma descrição da atividade e faixa de salário oferecida.

RH Link 

Reúne vários dos sites já citados aqui. Funciona basicamente da mesma forma: o usuário cadastra o currículo e faz a busca por vagas, podendo inclusive participar de processos de seleção através do próprio site.

Post publicado no Portal Administradores por Marcela Agra.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

Anúncios

Liderança feminina: mulheres lideram melhor?

Se a data foi instituída após grandes manifestações pelas péssimas condições de trabalho a que eram submetidas, hoje percebemos que cada vez mais as mulheres assumem postos de liderança e com significativas vantagens em relação aos homens.

Já falei sobre isto em palestras e geralmente sou aplaudido pelas mulheres enquanto os homens têm os comportamentos mais diversos que vão desde um inicio de vaia até uma fisionomia de inimigos para sempre. Nestas oportunidades costumo dizer da necessidade que nós homens temos em aprender um pouquinho (ou muito?) com as mulheres.

Em 1978 Kip Tindell, CEO da Container Steore já afirmava: “As mulheres em geral são melhores líderes do que os homens”.

Faço esta afirmação baseado em alguns comportamentos das mulheres e que são essenciais no exercício da arte de liderar:

• Mulheres têm boa comunicação com equipes heterogêneas

• Mulheres sabem escutar melhor os problemas dos outros

• Mulheres têm espirito colaborativo

• Mulheres trabalham melhor em equipe

Em uma recente palestra Max Gehringer pediu para os homens olharem ao seu redor e fazer um elogio às mulheres próximas. Após a maioria dos homens ter atendido a sua solicitação ele explicou o motivo: Ela poderá ser sua chefa amanha….. Uma brincadeira com a plateia, mas que encerra uma grande verdade. Nós homens estamos um tanto estacionados em nosso estilo de liderança enquanto o sexo “frágil” vem se inovando a cada dia.

Talvez seja interessante analisarmos a razão desta escalada das mulheres em cargos de liderança e observarmos que se todos incorporarem estes comportamentos, certamente profissionais e empresas serão beneficiados.

Mulheres lideram melhor por terem estes comportamentos:

• Costumam tomar a iniciativa mais facilmente

• Preocupam-se com o autodesenvolvimento

• Estão atentas com a sua Integridade

• Tem facilidade em coordenar equipes multi tarefas

• Preocupam-se com o desenvolvimento dos outros. Por terem autoconfiança conhecem a sua força, isto é, não temem muito a concorrência profissional

• São experts em construir relacionamentos

• Inspiram as pessoas ao seu redor

Se observarmos o que aqui foi escrito veremos que tudo se resume a algumas habilidades que são mais comuns nas mulheres que nos homens, e por serem habilidades, são passíveis de aprendizado, o que é encorajador para nós homens.

Sugiro que os profissionais coloquem estes comportamentos como metas de curto prazo, para que, com o auxilio de um Coach seja possível exercer cargos de liderança sem turbulências em um futuro próximo.

Post publicado no Portal Administradores por Cleyson Dellcorso.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

Seja um criador de oportunidades

A todo momento estamos sendo desafiados a fazer mais e melhor, sermos perfeitos e sem chance a erro, mas para que criar as oportunidades em primeiro lugar necessitamos de ATITUDES para mudar, além disso abaixo algumas dicas para não perder boas oportunidades:

1) Não tenha medo de tentar – O grande problema que normalmente acontece é o medo de sair da zona de conforto, as vezes as pessoas não criam as oportunidades por não acreditarem em seu potencial, no produto ou serviço. Tudo é motivo para não tentar, o governo, a crise, a instabilidade econômica, ou seja, todas as desculpas possíveis para se manter no mesmo lugar.

2) Esteja preparado – Antes de estar preparado é ter a certeza do que realmente você quer. Já descobriu suas melhores habilidades? Caso a resposta seja afirmativa, siga o seu caminho. O que você aprendeu diferente de sua rotina no último ano, nos últimos dois ou três anos? Por acaso você não está parado no tempo esperando pelas oportunidades sem estar preparado. Já fez sua graduação, MBA ou Especialização? Curso de língua estrangeira ou de informática? Se a oportunidade que você tanto espera aparecer hoje, você estaria pronto?

3) Problema da achologia – Esse é um grande mal que enfrentamos no dia a dia, pois achar sem ter certeza é pior que não tentar. Além disso sempre tem mais gente “esperta” que irá dizer… “isso não é para você”, “já tentaram fazer isso e nunca deu certo”. Afaste-se dessas pessoas negativas, pois o que você vai conseguir com elas são as mesmas coisas que você tem hoje.

4) Rede de relacionamentos – Foi comprovado cientificamente que mais de 50% dos negócios mundiais são feitos com amigos, ou conhecidos de amigos. Então seu networking será fundamental para o sucesso de seu negócio. Portanto, amplie sua rede de contatos, faça novas amizades e crie vínculos sociais para trocar informações.

5) Correr riscos calculados – Para criar novas oportunidades será necessário correr alguns riscos, desde que sejam calculados, claro. Mas uma coisa que aprendi nessa vida é que “algumas portas abrem somente à medida que andamos”, ou seja, precisamos sair da zona de conforto e ir para zona de expansão para ver o que o futuro nos reserva.

Já pensou quantas oportunidades você já deixou ou está deixando passar na sua vida por falta de tomar uma atitude? Descubra seu talento e siga o seu caminho, tenha a certeza que todos nós temos talentos escondidos e que ainda não foram lapidados. Encontre o seu e vai viver uma vida muito mais feliz. E se a oportunidade não aparecer, crie ela, seja inovador e não tenha medo de errar.

“Cada um de nós é melhor do que alguém em alguma coisa!”
Kare Anderson

Post publicado no Portal Administradores por Leonardo Siqueira.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

05 atitudes para você se vacinar contra os bloqueios externos

Jamais aceite qualquer limitação para seu crescimento que venha de terceiros. Infelizmente, há mais pessoas dispostas a atuar como “freio” dos sonhos das demais, que propriamente pessoas que não só compreendem a importância dos sonhos, como estimulam a perseguição destes sonhos.

Na verdade, a motivação humana para o crescimento e para a realização de sonhos e metas é uma decisão de “soltar os freios” das rodas. Não precisamos tanto assim que sejamos “empurrados” pelos demais, precisamos, de fato, nos acostumar com a ideia de que a motivação nasce do coração e que é uma decisão pessoal das mais sérias e gratificantes.

Para seu crescimento, em todas as dimensões em que este se dá, o mais importante é que:

1) você decida pelo caminho do seu crescimento; A única certeza que temos é que não podemos mais desperdiçar nossa vida, nossos projetos, ou mesmo nossos objetivos; Não! Chega de perder tempo, energia e oportunidades! Tudo isso aqui que vivemos é muito maravilhoso e mágico! Mas ao mesmo tempo vulnerável, efêmero….

2) você realmente queira crescer; Faça um, pacto com você mesmo de sonhar alto. E sonhe alto mesmo! Não permita mais que seus sonhos sejam trocados por lembranças, É assim que se envelhece: quando se tem mais lembranças do que sonhos! Volte a sonhar já,aqui e agora, pois a grande verdade é que você é a pessoa que escolhe ser. Todos os dias você decide se continua do jeito que é ou muda,

3) você aceite de coração que pode crescer; a literatura poética nos leva a afirmar que viver é nadar em mar aberto. É estar atento a todas as possibilidades que existem a sua volta. Nesse mar envolto vamos de braçada a braçada ajustando o curso, tentando descobrir quando é melhor insistir e quando é melhor desistir e deixar pra lá. Se deixar levar. O mar da vida, entre batalhas ganhas e ondas perdidas, o nadador avança, recua, volta a avançar. Se lança, às vezes, sem certeza nenhuma na correnteza do infinito. E abrir-se a todas as possibilidades é mergulhar na beleza de estar vivo hoje. O mais importante de tudo é você sentir o coração pulsar esteja você em situação que estiver, alegre, triste, do jeito que o seu coração mandar. Mas acredite: viver é muito bom e a gente só tem hoje pra continuar!

4) você dispense a estimulação negativa de outras pessoas; Para Skinner  ao definir pela primeira vez o conceito de autocontrole em seu livro “Ciência e Comportamento Humano”, diz que: “…com frequência o indivíduo vem a controlar parte de seu próprio comportamento quando uma resposta tem consequências que provocam conflitos – quando leva tanto a reforço positivo quanto a negativo…”

5) você se vacine contra os que não querem ver você crescer.de posse de qualquer situação, o recado é o seguinte: você tem de ser você, Sempre e ponto final. independentemente de seus pais de seus parente, amigos ou mesmo de sua infância. Se você não foi amado, procure um jeito de encontrar amor. Se você era inseguro, descubra a coragem dentro de si. Não deixe que o passado defina sua vida!

Veja alguns exemplos de pessoas que não compreenderam (ou não souberam avaliar) o potencial de homens e mulheres que entraram na história, porque tinham algo a nela deixar:

Em 1965, o homem Edson Arantes do Nascimento, foi barrado no treinamento de um time de futebol do interior paulista, pois a alegação era que ele não servia para ser jogador de futebol, no entanto o Edson Arantes do Nascimento, conhecido por “Pelè” foi o maior jogador de futebol do mundo, e até hoje ninguém conseguiu angariar o apelido de “Rei do Futebol”, que foi carinhosamente doado a ele.

Em 1952, um editor de livros recusou-se a publicar o “Diário de Anne Frank”, alegando que “…a moça não tem qualquer percepção do sentimento especial que possa elevar o livro acima do nível de uma curiosidade”. “O Diário de Anne Frank” é uma das mais humana obras jamais publicadas. Hoje ninguem lembra do editor, mas quanto ao livro O Diário de Anne Frank….

O que podemos depreender destes exemplos e que venham a ser úteis para o desdobramento do conteúdo deste artigo? Sem querer fazer abstrações pouco consistente, podemos entender que:

1) você sempre será o grande arquiteto, o engenheiro e o principal beneficiário do seu projeto de vida;

2) Você deve seguir a sua trajetória de crescimento de forma independente. Corra o risco de seguir a direção para onde aponta o seu nariz… e vá atrás dele!

3) e por último, não menos importante, você não deve esperar que outras pessoas “autorizem” o seu processo de crescimento.

Post publicado no Portal Administradores por Edil Silveira.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

Líderes, todos podem ser!

Reprodução/ iStock

Sabemos que liderança é ter habilidade de influenciar as pessoas a agir. Conquistar uma pessoa por inteiro e fazê-la cumprir os objetivos e conquistar as metas da empresa é o poder invisível que um líder possui. E aí está à diferença entre poder e autoridade, entre ser líder ou não.

Quando você tem poder, as pessoas fazem a sua vontade, mesmo que não desejem, por obrigação à obediência a uma hierarquia corporativa. Quando você cria vínculos e motiva as pessoas a darem o melhor de si, por causa da sua influência pessoal, isso é que o faz um grande líder.

Tornar-se um bom líder não é ser bonzinho, é estimular as pessoas a fazer o que elas precisam que seja feito, e não o que elas querem que você faça. Contudo, isto muitas vezes, significa ser duro e, às vezes, leve.

Para se tornar um líder, é preciso refletir a mudança que se quer ver no mundo. O líder tem uma vida equilibrada. Ele sabe que liderança não é um conceito que se aplica somente ao trabalho. Ele é um líder em sua família, um líder em sua comunidade, um líder espiritual e um líder da sua saúde. Lidera, antes de tudo, sua vida.

Desenvolver uma liderança significa desenvolver a capacidade de utilizar o seu potencial ao máximo com ética e integridade. Não existem líderes prontos, não existem seres humanos prontos. Há seres humanos sempre em formação e em transformação, assim como líderes. Cada um faz inúmeras escolhas sobre caráter e ações diariamente. E são essas escolhas que determinam a pessoa que você está se tornando. Cada ser humano e cada líder pode se tornar um santo ou um demônio dia a dia.

O líder ouve, respeita, reconhece, inspira e age. A minha experiência como coach e consultor em liderança há mais de 10 anos tem me mostrado que poucos líderes se mostram dispostos, na prática, a estabelecer esta conexão com a sua equipe ou com seu liderado. A maioria alega falta de tempo e ainda dizem: “se eu fizer tudo isso, não terei tempo para liderar.”

Opa! Espera aí. Mas não é esse o trabalho de um líder? Contribuir para a realização plena do potencial de cada indivíduo da sua equipe?
Liderança não é o que você faz, e sim o que você é. Ser um bom líder significa que você tem um bom caráter. Um líder tem o compromisso de fazer o melhor, mesmo quando você não deseja. Um bom líder tira o melhor de cada pessoa e se faz pelo exemplo.

Um bom líder serve e conquista autoridade ao invés de exigir ser servido. O líder tem de servir, sim. É preciso agir e colocar em prática a liderança servidora. O papel do líder é ajudar as pessoas da sua equipe, é orientar as pessoas a serem melhores, a se desenvolver, a ser melhor que elas podem ser. Se você dá a seu time o que ele precisa e não o que ele quer, ele também vai lhe dar o que você precisa para liderar com eficácia.

Portanto, já que liderança é influência, todos podem ser líderes, porque todos podemos influenciar pessoas. A diferença está na responsabilidade que cada um possui. Então, a questão é como se tornar um líder competente e de sucesso naquilo que você faz.

Atualmente, os profissionais têm passado mais tempo no trabalho do que com sua famílias, consequentemente, um líder deve ter em mente sempre que ele precisa, todos os dias, dar seu melhor para a equipe e estimular a equipe a dar o melhor de si. Reconhecer valores e a importância da conexão com cada membro da sua equipe o torna um líder humano, um líder real. Uma conexão única, procurando reconhecer os seus verdadeiros talentos, os comportamentos que precisam ser melhorados para atingir a alta performance.

O quanto você aborda corretamente cada membro da sua equipe, respeitando sua individualidade e o seu potencial? Acredito que o processo de liderar passe pelas seguintes fases: reconhecimento, valorização, direcionamento, treinamento. O líder precisa reconhecer seu valor único, valorizar a oportunidade de estar em contato com a pessoa certa, na hora certa, em todos os momentos.

Posso dizer que cada líder tem em sua equipe vários diamantes, inclusive ele próprio. Um líder precisa “lapidar” os diamantes, gerenciar uma equipe e liderar estabelecendo uma conexão rumo a alta performance e resultados extraordinários. Liderança de resultados pressupõe: preparo, dedicação e experiência. Pense nisso. Você também é capaz!

Paulo Alvarenga – Sócio-diretor da Crescimentum, empresa de treinamentos e consultoria especializada em desenvolvimento de líderes empresariais.

Post publicado no Portal Administradores por Paulo Alvarenga.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

Sobram oportunidades, o que falta é iniciativa

Conta-se que em um belo dia, ao passear pela sede do Wal-Mart, em um tour pelas instalações, um consultor empresarial viu cartazes em todo lugar realçando os valores e a filosofia da organização. Um em especial o impressionou, em letras grandes o título “Regra dos 3 metros” dizia:

Deste dia em diante, juro e declaro solenemente que toda vez que um cliente chegar a menos de três metros de mim, sorrirei, olharei em seus olhos e o cumprimentarei”.

Sam Walton, o fundador da rede, entendeu a importância de iniciar um contato com os outros.

Acho que a maioria das pessoas reconhece o valor da iniciativa. Se você perguntar para qualquer pessoa, prontamente ela irá admitir que tomar iniciativa é importante em relacionamentos, porém, sabemos que a realidade é outra e muitos ainda não a tomam.

Quando o assunto é interagir, elas sempre esperam que a outra pessoa dê o primeiro passo. E por que isso acontece? Bem, segue abaixo alguns motivos:

Iniciar uma conversa com alguém sempre parece estranho.
Oferecer ajuda a alguém significa arriscar ser rejeitado.
Doar algo aos outros significa poder ser mal-compreendido.

É notório que você não se sentirá pronto e nem confortável nesses momentos. O desconforto, aliás, talvez seja a beleza mística por trás da iniciativa, quem consegue superá-lo, inevitavelmente faz o ciclo girar, e quem não consegue, fica preso em uma eterna zona de conforto.

Não é segredo para ninguém que um dos atributos mais valorizados dentro das empresas hoje é a iniciativa. Ter pessoas com iniciativa em seu quadro de funcionários é o sonho de qualquer empregador, e também de qualquer professor (onde eu me enquadro).

Pessoas que apresentam projetos sem ninguém pedir nada, que sugerem ideias sem necessariamente ganhar nada por isso e que se candidatam para assumir tarefas que não são de suas responsabilidades estão cada vez mais raras, e é por isso que também são cada vez mais valiosas.

Infelizmente eu já cansei de ver funcionários que, ao ver que um cliente está perdido em sua empresa, nada fazem para ajudá-lo com a desculpa de que “aquela parte em que ele está não é de minha responsabilidade”, mesmo que essa parte signifique ter que dar pouquíssimos passos…

Quer mais conteúdo exclusivo de Administração e Negócios?
Torne-se um Administrador Premium

O cliente praticamente precisa implorar para ser atendido, que absurdo!

Será que eles faltaram naquela aula, que provavelmente eles consideram chata, que diz que todo funcionário, do porteiro ao presidente da empresa, são vendedores? E que TODOS respondem para um ÚNICO dono, o cliente?

E quer saber de outro absurdo? Cada vez mais eu vejo mais casos de empresários sofrendo ameaças de seus funcionários por pedirem para que os mesmos exerçam uma determinada função que não é sua por um pequeno período de tempo. Eles alegam que se não forem devidamente remunerados por isso, irão acionar o sindicato e procurar seus direitos.

Que empresa progride com um funcionário assim?

Pessoal, só cumprir o que está descrito no seu cargo não resolve mais! É preciso ir além!

A pessoa pode ser extremamente estudiosa, dedicada, íntegra e tudo mais, porém, se não tiver iniciativa para fazer as coisas acontecerem, sinto lhe dizer, mas, pode esquecer… E digo mais, eu já vi, e tenho certeza que você também já viu, pessoas intelectualmente inferiores conquistarem vagas e promoções em disputa direta com aqueles que cumprem tudo aquilo que a sua função pede, e só.

Os invejosos dizem que isso acontece porque eles são “puxa-sacos”. Eu digo que isso acontece porque provavelmente eles estão se esforçando mais do que os outros.

Gostaria de deixar bem claro que eu não estou defendendo nenhum dos lados. Eu também já vi empreendedores explorarem seus colaboradores dia após dia, fadigando-os até causar uma patologia. O bom senso e o equilíbrio precisam ficar claros para ambos os lados, senão o que poderia ajudar a empresa acaba por afunda-la de vez.

Já dentro da sala de aula as coisas também estão preocupantes. Fico impressionado com a falta de iniciativa dos adolescentes de hoje. Como também dou aulas para esse público, consigo contar nos dedos aqueles que se voluntariam quando peço para que eles se apresentem para o restante da sala. Excluindo algumas exceções, o restante se perde em troca de acusações, um apontando o dedo para o outro, um empurrando a vez para o outro, ninguém quer chamar a responsabilidade, isso é realmente muito triste e só demonstra a falta de preparo desses futuros candidatos.

Com frequência, esperamos pelo “momento perfeito” para tomar iniciativa. Posso te afirmar com total convicção, o momento perfeito nunca chega, e se você ficar esperando por ele, irá perder muitas oportunidades.

E aí, o que vai ser?

Post publicado no Portal Administradores por Diego Andreasi.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

Como lidar com pessoas negativas

Você conhece alguma pessoa negativa? Aquele tipo que diz ‘não’ para tudo, reclama sem parar e faz a planta murchar quando passa perto?

Provavelmente sua resposta será ‘sim’. Seja qual for o motivo, você reconhece que aquele cidadão é tão pessimista que do seu ponto de vista parece irremediável.

Alguns anos atrás enfrentei uma situação desafiadora. Extremamente desgastante. Não sabia ao certo como lidar com pessoas negativas. Não que eu tivesse percebido isso naquele momento.

Um dia após o outro, eu chegava cada vez mais estressado em casa. Os dias eras longos e tensos e praticamente nada se resolvia. Quando chegava em casa já estava muito desanimado. Certo dia, ao ler um artigo e analisar e responder algumas perguntas, cheguei a uma importante conclusão.

Se fosse inevitável, eu deveria agendar as reuniões com as pessoas negativas para o final do dia. Jamais no começo. E era exatamente isso que eu fazia até então. Um dia após o outro. Chegava, me reunia e me sentia exausto o dia todo.

Ao perceber aquela situação e reconhecê-la, prontamente, fiz as mudanças. E posso dizer que funcionou. Mais produtividade e satisfação. Menos estresse.

Sendo assim, separei algumas dicas importantes para você, meu amigo e amiga que está enfrentando essa selva de pessimismo e insetos do tipo ‘não’.

Como lidar com pessoas negativas é algo que deveria ser ensinado em casa e fazer parte da grade curricular tamanho impacto que ele causa nas pessoas.

O pior que você pode fazer com pessoas assim é tentar convencê-las que elas estão erradas.

Procure focar e apresentar as soluções para os problemas. Você não mudará completamente aquela onda ‘não’ mas pode controlar e guiar a conversa.

Ah! Deixe as pessoas serem tão negativas quanto quiserem. Apenas as coloque no lugar certo. Algumas empresas utilizam pessoas desse perfil para avaliar novos projetos. Certamente são tão ácidas que conseguem ver problemas sérios que outros não perceberiam.

Normalmente, por serem mais focados em ‘fazer a coisa certa’, eles fazem no seu tempo. Sendo assim, não apresse os negativos. Você certamente irá atrasá-los.

Outro dia li sobre uma boa tática: seja pessimista primeiro que ele. Acredite, eles podem até mesmo reagir positivamente. Porém, aviso: Essa opção eu ainda não testei.

Sendo assim, sempre agradeça sua boa intenção. Por se tratar de uma característica, muitas vezes eles não fazem por mal. Elogie o fato de ter identificado o problema para que a solução seja descoberta.

O segredo está em como usar esta capacidade analítica.

É importante manter a perspectiva correta, ser paciente e estratégico e reconhecer que o perfil negativo pode até trazer alertas fundamentais.

Como lidar com pessoas negativas é algo que apenas você poderá fazer em sua vida. Mas é certo uma coisa: corvos não voam com as águias.

Post publicado no Portal Administradores por Weslley Zapff.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!