Você vende produtos ou soluções?

O consumidor de hoje em dia, busca muito mais do que produtos e mais produtos, porque eles já encheram nossas casas, e muitos deles foram usados poucas vezes, provavelmente porque não entregavam uma solução completa. Lembre-se daquele eletrodoméstico que prometia uma revolução em sua cozinha, mas é complicado de limpar e toda vez que você precisa dele, é dominado pela preguiça depois em limpar, que a facilidade do uso não compensou o trabalho após o uso.

  • Produtos – O fogão a gás resolveu o problema das casas que precisavam, só que hoje em dia apesar de ele ainda ser essencial, um forte concorrente apresentou uma solução melhor para muito do que ele faz.
  • Soluções – O micro-ondas conseguiu gerar uma revolução nas cozinhas do mundo todo, com o resultado de aquecer alimentos e líquidos de forma mais rápida, e com muito menos sujeira que seu antecessor o fogão a gás.

Talvez vocês estejam discordando, e muitos detestam a comida preparada em um micro-ondas, e acredita que ambos sejam diferentes, mas a evolução das coisas fez com que hoje em dia, o micro-ondas represente uma melhor solução, principalmente pela sua rapidez, e a grande demanda de alimentos que foram idealizados para ele (os alimentos congelados).

Diferentes em si, mas com características importantes para a revolução que ambos protagonizaram em suas épocas. Você acredita que a próxima invenção para essa solução, irá se parecer mais com o fogão a gás ou com o micro-ondas?

Se você chegou até aqui, agora já está concordando um pouco mais que o micro-ondas entregou uma solução melhor, para a mesma finalidade de aquecimento de alimentos e bebidas.

Clientes procuram soluções completas, na introdução do micro-ondas seus inventores precisaram ensinar as pessoas a utilizarem sua solução, já nos dias de hoje os pais confiam muito mais em pedir para uma criança de 7 anos preparem sua comida do zero, no micro-ondas do que no fogão a gás, correto? É essa solução completa que produtos e serviços devem apresentar para conseguirem ser um sucesso.

As vezes a simples evolução das coisas, faz com que mais soluções sejam adicionadas a um produto. Em 2007 quando o celular iPhone foi lançado (veja o vídeo e relembre, porque já faz tanto tempo que ele está entre nós que nem lembramos mais do que não tinhamos na época), ele conseguiu entregar muito mais soluções do que seus concorrentes tinham na época, apesar de todos estarem muito satisfeitos com seus “Motorolas” e “Nokias” que reinavam absolutos até então. O fato de ele conseguir juntar em um só aparelho, um GPS e um tocador de música, assim como melhorar o acesso internet ao bom e velho telefone, foi o grande salto para a transformação de um celular em smartphone.

Pode até ser que você não possa oferecer o produto e o serviço, mas nesse caso será preciso ter parceiros de negócio para recomendar. Um exemplo disso são as empresas de softwares de gestão que apenas vendem seus produtos, mas não o instalam. Para o cliente, é algo assustador quando ouve do vendedor que ele vai precisar de mais alguém, para que ele consiga 100% da solução que precisa.

As melhores soluções foram aquelas que apenar de não terem inventado nada do zero, ou não criaram uma necessidade nas pessoas, elas conseguiram entregar uma solução completa, uma solução que realmente resolveu a vida daqueles que o possuem.

Seus produtos e serviços, são uma solução ou mais um produto?

Grandes revoluções não acontecem da noite para o dia, mas quando observamos a empresas mais admiradas, provavelmente ela apresentou em algum ponto de sua história mais soluções do que produtos.

Como encontrar uma solução eficaz para o meu cliente?
Pergunte-se si mesmo o que o meu cliente precisa? Logo após vá a campo e pergunte a ele mesmo o que ele precisa para resolver determinada necessidade? Algumas empresas fazem pesquisas apenas observando como seus clientes utilizam seus produtos ou serviços, e foi daí que vieram grandes soluções.

Não tenha medo de tentar, de buscar melhorias em seu produto ou serviço, seja qual for o tamanho de sua empresa ou o segmento, sempre existem coisas para melhorar. Boa sorte em sua busca de melhorar a vida das pessoas, porque se você é um empreendedor tem isso no sangue, de não apenas ter uma empresa, ou ganhar mais dinheiro, e sim de fazer algo que resolva a vida das pessoas.

P.S. Não pense que isso é uma estratégia apenas de marketing para atrair mais clientes, mas desejo que alguém que esteja lendo esse artigo possa inventar alguma coisa para ganhar mais dinheiro do que eu (sic).

Post publicado no Portal Administradores por Ariel mendes.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

3 fatores fundamentais para alcançar o sucesso

Apesar do que muitos pensam, o sucesso não está ligado ao dinheiro ou à uma posição social. Ser bem sucedido é estar satisfeito com os resultados obtidos nas diversas áreas da vida, sem haver limites para ampliar esse sentimento, sempre superando as expectativas. Sendo assim, tanto um diretor de uma multinacional, como o proprietário de um carrinho de cachorro-quente podem ser consideradas pessoas de sucesso se forem as melhores naquilo que se propuseram a fazer.

Tendo este conceito em mente, seguem três dicas da coach Cibele Nardi que irão lhe aproximar do sucesso:

1 – Esteja rodeado de pessoas bem sucedidas

Segundo Jack Canfield, autor do livro “Os princípios do sucesso”, nós somos o resultado das cinco pessoas com quem mais convivemos, seja pessoalmente ou através de literatura ou outro tipo de contato. Desta forma, é importante defini-las, pois serão elas que determinarão o seusucesso. Procure estar rodeado de pessoas bem sucedidas, que irão lhe motivar a chegar lá também.

2 – Estabeleça um critério razoável de sucesso

Um dos grandes problemas ao se denominar como uma pessoa de sucesso ou não está relacionado à forma de mensurar os resultados e classificá-los. Muitos pecam pelo excesso e estabelecem um critério que nunca poderá ser alcançado mesmo que o resultado obtido seja satisfatório. Seja realista, estipule metas possíveis e o sucesso chegará com mais facilidade.

3 – Não entre em uma zona de conforto

O sucesso não tem limites para ser ampliado. Caso as metas estabelecidas em um primeiro momento já tenham sido alcançadas, não hesite em almejar voos mais altos.
Seguindo esses conceitos o sucesso estará mais próximo do que você pensava.

Post publicado no Portal Administradores pela Redação.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

11 sites que vão ajudar você a encontrar emprego

iStock

Em momentos de crise econômica, é comum que haja cortes de pessoal, e consequentemente a rotatividade de funcionários aumente. Quer você esteja pensando em mudar de emprego, quer seu local de trabalho tenha sido atingido pela crise, a internet está cheia de ferramentas para quem precisa encontrar novas oportunidades profissionais. Abaixo reunimos alguns sites que podem ajudar nessa busca.

A maioria aqui são buscadores especializados em vagas de emprego, que indexam anúncios de vários sites, agregando várias possibilidades de trabalho em apenas um endereço da web. E para quem está com o orçamento apertado, a notícia boa é que a maioria desses serviços estão disponíveis gratuitamente. Confira:

Jora 

Buscador da empresa australiana JobSeeker Pty Ltd, que chegou ao Brasil recentemente e funciona como um indexador de vagas disponíveis em diferentes sites.

Catho 

Um dos sites de vagas mais populares do Brasil, é uma agência que intermedia a relação entre candidatos e empresas interessadas em contratar.

Indeed 

Outro buscador gratuito que funciona como um banco de dados de vagas em todo o país. As empresas cadastram seus anúncios e o buscador classifica as vagas pela localidade procurada.

Infojobs

Anuncie seu currículo de graça e receba ofertas de emprego por email. O site traz também seções de cursos e concursos.

Carreer Jet

Reúne vagas de mais de 20 mil sites em todo o mundo, oferecendo também, busca por setor e localidade.

Mitula

Presente em 38 países, o Mitula é uma espécie de lista de classificados online que reúne anúncios de empregos, carros e imóveis.

Curriculum

Buscador especializado em vagas. Como o Google, faz auto preenchimento, ajudando você a

Glix 

Mais um buscador nacional de vagas de emprego, carros e imóveis.

Trovit

Aqui, além de procurar oportunidades, você pode fazer upload do seu currículo. Abrange 43 países.

Empregos.com

Oferece vários critérios de refinamento da busca, e apresenta as vagas já com uma descrição da atividade e faixa de salário oferecida.

RH Link 

Reúne vários dos sites já citados aqui. Funciona basicamente da mesma forma: o usuário cadastra o currículo e faz a busca por vagas, podendo inclusive participar de processos de seleção através do próprio site.

Post publicado no Portal Administradores por Marcela Agra.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

Quem disse que você sabe de tudo?

iStock

Um dos principais fatores para os jovens saírem da universidade com medo está na arrogância com que percorreram essa jornada
Há muito tempo eu li uma dessas mensagens de internet que dizia: “O pior cego é aquele que não sabe ouvir.” Nossa, sabe quando você para e fica pensando sobre o assunto por um bom tempo? Aconteceu comigo. Fiquei matutando sobre o que isso queria dizer.

Porventura, tive alguns amigos que tiveram sérios problemas nos olhos e acabaram perdendo a visão e, quando resolvi perguntar para eles sobre isso, a resposta girava em torno de “já que não podemos enxergar, o tato e a audição são nossos sentidos mais importantes para nos comunicarmos com o mundo. A audição ainda mais, precisamos ouvir muito.”

Depois de quebrar a cabeça um bocado, pensei: “E se essa for a forma como, muitas vezes, os jovens estão entrando no mercado?”

Existe aquela euforia de quando entra na faculdade, o mundo novo, a libertação, o poder de ser visto como um adulto e todo o potencial existente que será desenvolvido em alguns longos anos que, no entanto, com o andar da carruagem, parecem ser bem mais curtos e o resultado esperado acaba por ser muito diferente.

No final da jornada, o medo domina, pois normalmente os jovens sentem que as oportunidades não são tantas, ou pelo menos eles não aprenderam a encontrar essas tantas que realmente existem. A concorrência é cruel, ou pelo menos eles não conseguiram desenvolver seu diferencial a ponto de não se preocuparem. No entanto, a grande verdade é que, no apagar das luzes, a maioria não está pronta, deixando a dúvida: o que aconteceu?

A resposta à pergunta acima é exatamente o que falamos no início do artigo: eles entraram de olhos fechados e ouvidos tapados. Ou seja, prepotência. De todos os eventos, pesquisas, conversas que tive com empresários a vida inteira, a maior reclamação da nova geração que entra no mercado é, disparada: “eles acham que sabem tudo, são arrogantes, parecem não querer aprender”. Sim, eu sei, existem exceções. Mas estamos falando da maioria e, infelizmente, essa grande parte se encaixa no ditado.

Essa euforia de tantas possibilidades, da supervalorização de jovens talentos que conseguiram o mundo (normalmente, por suarem além do imaginável), às vezes deixa as pessoas com um falso senso de “super expertise”. O que quer dizer: acham que sabem mais do que realmente sabem. E o problema disso é que quem sabe tudo não tem mais o que aprender. Mas os jovens, que são mais novos e têm menos experiências, não deveriam ser os que mais buscam aprendizados?

Viu? Temos uma incoerência.

Em um mercado tão dinâmico, com novos conhecimentos surgindo a uma velocidade inimaginável, saber aprender e aproveitar aquilo que os outros querem e precisam nos ensinar é vital, sem falar que é mais inteligente. Afinal, quem não aprende, não evolui, e quem não evolui não tem chance alguma.

Acredito que ao final da jornada acadêmica esse medo tão grande seria bem menor – mas não inexistente – se a maioria tivesse mais pé no chão, sem querer chegar às empresas já querendo ser gerente.

Se você é jovem, lembre-se de que quando você pensar “Isso eu já sei” pode ser que esteja perdendo uma chance maravilhosa de aprender algo novo e evoluir. E se você já é um pouco mais experiente, não tenha medo de puxar algumas orelhas.

No fim das contas, o que posso dizer é: “A mente de uma pessoa que não precisa mais aprender é limitada como uma viseira muito estreita. Já a mente aprendiz é infinita em possibilidades e conhecimentos”. Faça suas escolhas.

Post publicado no Portal Administradores por Bruno Perin.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

Fora preguiça

426015_894946027202078_2833772627870885935_n

O fim do ano está chegando, é hora de fazer uma análise para saber se o que foi planejado no início do ano foi realizado com sucesso e se algo não deu certo não se desespere. É hora de fazer novos cálculos e identificar a causa. Para que você cumprisse todas as etapas com sucesso.

Que uma dica: trabalhe muito, acredite mais em você e não dê tanta importância para as pessoas que só vê o lado negativos das coisas.

Fale todos os dias para você mesma, eu quero, eu posso, eu consigo.

Texto publicado originalmente no blog Genário blogando por Genário Pinheiro..

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

6 dicas de sucesso

1- Use a regra dos 4 “AS” e conquiste o seu espaço desejado na sociedade. 1ª A, a de ALEGRIA, trate as pessoas com alegria. O que você não conquistar com alegria não será com tristeza que conquistará. 2ª A, a de ATENÇÃO. De atenção para as pessoas, isso é prova de respeito. 3ª A, a de ACEITAÇÃO. Aceite às pessoas por tudo que elas são e não por aquilo que você gostaria. 4ª A, a de ADMIRAÇÃO. Admire as pessoas pelas pequenas e grandes coisas que elas realizam e são.

2- Cuidado para você não se tornar uma pessoa descartável! Descartável é aquela pessoa mentirosa, arrogante, mal-humorada, fuxiqueira, orgulhosa, individualista, desagregadora e que torce pelo fracasso dos outros. Com este tipo de pessoa, só se convive em quando for obrigada ou conveniente. Se você tem alguns desses comportamentos, procure ajuda antes que você se torne uma pessoa descartável no seu trabalho, nos seus relacionamentos.

3- Você recebe muitas coisas do meio em que vive! Quando você se junta aos bons, você recebe como premio o melhor que eles têm. Quando você se junta aos maus, você recebe como premio o pior que eles têm. Cabe a você distinguir quem são os bons e os maus. Cabe a você decidir com quem se juntar e receber o premio que eles têm para lhe oferecer!

4- Vá com calma, pare de reclamar! Tenha um pouco mais de paciência com você, com Deus e com a vida. Um dia você ainda vai agradecer a Deus e a vida, por ter perdido coisas e pessoas que você não gostaria de perder, um dia você ainda vai agradecer a Deus e a vida, por não conquistar coisas e pessoas que você gostaria de ter conquistados. É questão de tempo!

5- Se você acreditar que vai fracassar, tua crença determinará as tuas ações e você fracassará. Se você acreditar que vai triunfar, tua crença determinará as tuas ações e você triunfará. O sucesso e o fracasso dependem muito da tua crença. Talvez o que esteja faltando para você conquistar o que deseja, não seja a falta de oportunidade, conhecimentos e sim, melhorar a tua crença.

6- Ajude às pessoas a vencerem usando palavras de incentivos e apoiando os projetos que elas têm! Esta atitude ajudará você conquistar aliados para os seus próprios projetos. Quando você faz elogios verdadeiros, você se aproxima das pessoas, quando você faz críticas de maneiras erradas, você se afasta das pessoas. Lembre-se: todo mundo tem algo para ser elogiado.

Pense nisso e boa sorte!

Post publicado no Portal Administradores por Nestor de Almeida.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

Administração: 49 anos para comemorar e refletir

Administradores/Thiago Castor

Administrar. Esse é um verbo extensivamente presente em nosso dia a dia, até mesmo daqueles que fingem ignorá-lo. Afinal, imagine qualquer empresa sem controlar suas atividades, nossa vida sem organização e planejamento ou uma nação sem os seus processos administrativos. Um caos, sem dúvida.

Ainda não está levando muita fé no que estou falando? Então, ok. Faça o seguinte: dê uma rápida pausa na leitura desse texto e olhe ao seu redor. Imagine todo o processo que esses objetos e itens passaram até chegar à sua frente. Imagine cada empresa, desde o setor primário, de fabricação, de vendas, até o próprio transporte que fez com que eles estivessem aí. Imagine quantas formas de gerir e administrar estiveram envolvidas. Percebeu? A verdade é que a Administração está presente em tudo e ela move o mundo à frente.

Não é a toa que existe uma data muito importante para fazermos referência. No dia 9 de setembro comemora-se o Dia do Administrador. Em 2014 são 49 anos da assinatura da Lei nº 4769, que criou a profissão de administrador. Carreira essa que é a que mais cresce no Brasil. Nunca houve tanta procura pelo curso de graduação na área. Nunca palavras como empreendedorismo, liderança e planejamento foram tão repetidas. Mas se o clima é de otimismo, cabe também uma reflexão e busca por melhorias.

Muitos cursos ainda são estruturados de maneira rígida, com disciplinas que não acompanham a evolução do mercado. O resultado: aulas mal aproveitadas e oportunidades de aprendizado que passam batidas. Em concursos públicos, também, ainda há uma depreciação de vagas que deveriam ser tipicamente dos administradores e são oferecidas para outras áreas. Situações que, não tenho dúvida, têm tudo para serem melhoradas e aperfeiçoadas.

Cabe, no entanto, algo bem importante nesse processo: a própria consciência para o crescimento de cada um. Uma Administração mais forte e preparada precisará, sempre, de administradores mais fortes e preparados. E a melhor forma para esse desenvolvimento passa pela ampliação de conhecimento de cada um que compõem a área. De sempre buscar o algo a mais. Ler, escutar, praticar, aprender, participar, renovar, inovar, não se restringir apenas ao que lhe é colocado.

A Administração, sem dúvida, move o mundo, mas, antes disso, precisamos nos mover, afinal, somos nós que movemos à Administração. Esse, talvez, seja o grande legado que a área nos revela e ensina.

Feliz dia do administrador!

 

Post publicado no Portal Administradores por Fábio Bandeira.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!