Resoluções de carreira: 10 dicas para não desistir no meio do caminho

Se soubéssemos aproveitar as férias, não para encerrarmos um período de dedicação ao trabalho, estudos e outras atividades desgastantes, mas tratá-las como início de um período de realizações, possivelmente nosso índice de estresse diminuiria e a energia positiva aumentaria.

Quando criança, era inevitável voltar às aulas escolares e a professora, especialmente de Língua Portuguesa, pedir para fazermos a tradicional redação com o tema “Minhas Férias”.

Lembro-me que conseguia descrever com detalhes cada dia e cada brincadeira como se um filme estivesse sendo passado naquele momento.

Um dos fatores que permitiam essa criatividade e inspiração é algo que muitos adultos vão perdendo com o tempo: o entusiasmo.

O mesmo entusiasmo por programar uma viagem ou arrumar as malas pode ser, reservadas as devidas proporções, utilizado para a realização de sonhos, metas ou projetos.

Todo início de ano é sempre igual para a maioria das pessoas que se determinam, ou melhor, pensam que se determinam – o que é bem diferente – a realizarem muitos planos e acabam ficando pelo meio do caminho. Meio não, no início mesmo, alguns até nem começar conseguem.

E o que fazer para sair do quase e chegar ao feito?

1. Diferencie os sonhos de metas – Meta é a forma prática de se realizar e materializar os sonhos.

2. Seja preciso – Faça uma profunda e sincera reflexão sobre o que REALMENTE você deseja.

3. Registre a meta – Anote fisicamente todas as metas para que nenhuma fique apenas na mente, dividindo-as em curto, médio e longo prazo.

4. Defina um plano de ações – Parta da meta macro para metas micros com pequenas práticas diárias ou semanais. Comece pelas mais fáceis de serem alcançadas, desta maneira sentirá a satisfação e recompensa pela dedicação.

5. Aja – Lembre-se: Não importa se o “ano novo” é apenas uma divisão cronológica ou um recomeço, o que realmente importa são as atitudes que terá para que quando terminar, tenha sido grandioso.

6. Persista – Por mais eficaz que um plano seja, somente a execução gerará resultados. Portanto, não esmoreça.

7. Acompanhe – Para não perder de vista, determine um dia da semana para checar o que foi feito e reprograme o que ficou pendente.

8. Seja guardião dos seus sonhos – Não permita que pessoas negativas influenciem seus pensamentos, tampouco seja auto-sabotador.

9. Tenha disciplina – O principal fator de desistência dos projetos está exatamente no “depois eu faço”, gerando o acúmulo de atividades e desestímulo em decorrência de preguiça.

10. Agradeça – A gratidão gera um processo satisfatório na relação com o universo fazendo com que a lei da atração torne-se uma constante.

Se deu certo no ano que passou, continue. Se não deu, inove, faça diferente. Se ficou no quase, persista.

Post publicado no Portal Administradores por Mauricio Seriacopi.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!