Tempo de travessia

Há certo tempo na nossa vida que nos convida a um momento de reflexão profunda, revisão interna e externa, mudança de atitude e uma grande e significativa tomada de decisão.

Segundo Fernando Pessoa “há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos”.

É muito fácil identificar quando chegamos nesse “tempo”, quando recebemos da vida esse convite. Você já ouviu alguém dizendo “Estou num beco sem saída”, ou “cheguei ao fundo do poço”, “minha vida acabou, perdeu o sentido, o significado”, “não sei mais o que fazer”, e por ai vai. A lista é infinita. O chamado momento de crise, crise financeira, crise conjugal, crise profissional, crise pessoal é talvez o último grito que a vida dá para chamar nossa atenção para as consequências que estamos enfrentando por uma única e decisiva escolha que fizemos de forma inconsciente, na maioria das vezes, ou por ser conveniente: a decisão de abrir mão da direção, do comando das nossas vidas, dos nossos três grandes poderes: sonhar, escolher e agir.

Isso mesmo, lá no fundo quando vamos analisar todas as crises, os problemas, as dificuldades, encontramos com um espelho que nos mostra o rosto daquele que em algum momento abdicou de si mesmo.

Dura e doce verdade. Dura porque é dolorido demais admitirmos que criamos grande parte (ou toda ela) da nossa dor, das nossas dificuldades e limitações. Doce, porque no mesmo momento que descobrimos a dor, descobrimos também a libertação, a solução: nós mesmos.

Agora eu te pergunto: Há quanto tempo você vem abdicando de você mesmo? Há quanto tempo seus sonhos se perderam de você? Há quanto tempo você não ri dos próprios erros, não arrisca algo novo, não chora na frente de alguém que mal conhece? Há quanto tempo você não se encontra e convive com seu verdadeiro EU, seu EU maior, sua essência? Há quanto tempo não ouve seu coração?

Que tal participar de 12 workshops online por ano?
Torne-se um Administrador Premium

Aprendi com um grande mestre que a vida é muito curta para ser Pequena.

Resgate seus sonhos, escolha viver por eles, escolha fazer diferente, arrisque mais e se permita receber do universo.

Troque a lente e veja que no fundo do poço existe uma mola, uma mola propulsora. Uma mola que nos ensina os grandes aprendizados que precisamos ter na nossa vida para continuar no caminho do crescimento, da transformação, da evolução.
Acredite na sincronicidade do Universo. Nada, absolutamente nada acontece por acaso.

Seja curioso! Procure descobri porque você foi escolhido para viver o que está vivendo, porque você precisa passar por essa situação, qual a intenção positiva, qual o grande aprendizado, qual a grande oportunidade que espera você do outro lado da ponte!

Resgate sua essência, descubra o que realmente importa para você, o que faz seus olhos brilharem e seu coração arder.

Permita se sentir a grande alegria de viver, vivendo! Só acerta na vida quem faz!

E por último, atravesse!

Post publicado no Portal Administradores por Vanessa Panchoni.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

Anúncios

Um pensamento sobre “Tempo de travessia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s