Por que não deu certo?

Reprodução/ iStock
 

Por que não deu certo?

Esta é uma reflexão que faço regularmente. Na maioria das vezes tento encontrar uma explicação lógica, um motivo pelo qual determinada ação ou atividade deu errado. No final depois de racionalizar a decepção sobra o aprendizado.

Por isso que em meus eventos fomento os participantes a refletir sobre as coisas que acontece em suas vidas.

O objetivo desta reflexão é fazê-los enxergar as coisas boas pelo que passam já que pensar naquelas que não deram certo na vida é muito mais fácil, além disso, não faltam pessoas ao nosso redor para nos lembrar delas.

É importante encontrar as lições e aprendizados em tudo que ocorre ao nosso redor, pois é deste modo que o aprendizado acontece.

Por mais que seja frustrante e doloroso o aprendizado com os fracassos e derrotas é exponencialmente maior daquele com o sucesso e acertos, pois este nos faz sair da zona de conforto, mudar e assim evoluir. Tornando-nos pessoas melhores.

Não devemos sofrer de “vitimismo” questionando “porque comigo?”.

Sempre acreditei que não devemos pensar que poderia ter sido pior , mas ao contrario , poderia ter sido melhor.

As pessoas vivem dizendo que temos que agradecer o que temos como saúde, família, amor, amigos, bens, etc. Ok agradeça, mas não se acomode.

Outra questão que me incomoda são os comportamentos “ditos” certos ou errados. Isso não existe. O que ocorre é que dependendo da situação em que você se encontre o seu comportamento pode ser assertivo ou um desastre, ou seja, o comportamento muda conforme o contexto que está inserido.

Por exemplo, ser uma pessoa insensível e gelada geralmente cria problemas nas questões sociais diárias, mas em situações caóticas de grande perigo ou stress, este comportamento pode ser útil. Por outro lado uma pessoa com extrema empatia e amorosa é admirada pelas pessoas ao seu redor, mas ao ter que tomar uma decisão impopular ela tem dificuldade em fazê-lo sem sofrer.

Na maioria das vezes as pessoas não compreendem a relação dos seus comportamentos, metas e o cenário em que estão inseridas, por isso tentam alterar um determinado comportamento que julga inadequado, sem perceber que este comportamento é essencial em outra esfera de usa vida. A mudança somente é bem sucedida quando um comportamento novo substitui o antigo gerando benefícios reais para a pessoa. Se isso não ocorrer ela sabotará a mudança retornando ao comportamento anterior trazendo junto um sentimento de frustração.

Existe uma teoria que defende que o maior potencial para a mudança ocorre justamente durante ou depois de uma crise ou trauma pessoal.

Mas se isso realmente acontece porque a maioria das pessoas que sofrem um infarto e são submetidas á cirurgias cardíacas (cateter, pontes de safena, etc.) falham em mudar de hábitos e comportamentos a longo prazo?

Isso acontece porque a motivação vai se apagando se não for alimentada diariamente, por isso não basta apenas motivação é necessário de força de vontade e comprometimento para alimenta-la.

Resumindo você é responsável por alimentar a sua própria motivação para mudar de comportamento.

A pergunta é: Qual o combustível que você está utilizando para alimentar a sua motivação?

Como diria Fernando Sabino “No fim tudo dá certo, e se não deu certo é porque ainda não chegou ao fim”.

Suce$$o

Post publicado no Portal Administradores por Roberto Recinella.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s