12 anos ou mais de escravidão?

Com algum atraso assisti ao filme 12 Anos de Escravidão que nos conta a historia verídica de um americano livre que ao ser sequestrado ainda durante a vigência do período escravocrata no sul daquele país se torna um escravo passando por todas as mazelas e absurdos que tantos outros escravos passaram mundo a fora. Mas, que conseguiu depois de 12 anos provar sua liberdade e deixar para trás esse assustador período de sua vida, se tornando um defensor da abolição nos EUA. E pensei: será que hoje isso ainda não ocorre mais comumente que imaginamos!? Devo explicações e vamos a elas.

No filme Solomon é sequestrado por dois artistas que lhe fazem promessas de ótimo retorno financeiro pelo seu trabalho, mas que, já na primeira oportunidade o dopam, sequestrando-o e ….. o resto você já sabe. E pergunto: quantos de nós hoje, não somos enganados com a promessa que sim, o mundo está conspirando ao seu favor e vai te pagar bem, mas quando você acorda em um belo dia você se tornou um… escravo.

Escravo de seu ego, escravo de vontades que nem suas são, escravo de um mundo que tenta o tempo todo te fazer querer as coisas que você quer. Escravo de um padrão de vida, escravo de uma vida que te empurrou um emprego, talvez uma mulher e, quem sabe, até filhos, e assim você se vira. Na maioria dos casos os sequestradores somos nós mesmos, pois criamos o tempo todo sabotadores, ilusões, crenças limitantes e várias falácias para entrar e nos manter em um mundo que não era o nosso, mas que nosso cérebro com suas incríveis artimanhas logo se adaptam. E quando você viu, foi sequestrado por você mesmo.

Solomon é torturado inúmeras vezes nos seus 12 anos e te pergunto quantas torturas reais e/ou psicológicas você já não passou na sua vida que dura mais do que 12 anos? Muitos de nós temos nos torturamos todos os dias sabendo que não devemos fazer o que fazemos, e mesmo assim, continuamos a fazer. Existe tortura maior do que a tortura de si próprio? Quantas chibatadas ou tapas na cara você já não levou dessa vida até mostrar a carne ou até não ver mais saídas e assim desistir e aceitar a condição? Mas Solomon sabia que era livre, pois ele ainda lembrava.

Você ainda se lembra de que você é livre? Solomon foi traído e quantas vezes já não fomos e de novo o mundo nos mostrou a verdade… Enfim um dia alguém decidiu fazer algo por ele, uma única pessoa pode enviar as suas cartas e assim ele foi libertado e voltou para sua liberdade.

E quando voltou para ela, descobriu sua verdadeira missão, sua luta por algo que valha realmente a pena. Então? Estamos esperando o quê, para acordar e ver o porquê realmente vale a pena lutar? Se você não é mais um Solomon, ajude os que ainda o são, sequestrados por eles próprios, por uma ilusão que criaram para aceitar algo que não são. Pois o pior escravo é aquele que assim se considera e nunca consegue sair. Dedico este texto a todos que já foram escravizados em nossa sociedade em todos os tempos.

Post publicado no Portal Administradores por Emerson Reinert.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s