Saiba por que não trabalhar seu ponto fraco

Muitas pessoas concentram este tema apenas para o âmbito profissional, mas posso te afirmar que saber trabalhar seus pontos fortes e fracos pode e deve ser feito em todas as áreas da sua vida, tanto pessoal e profissional. Você poderá trazer os conceitos do modo que achar mais conveniente para sua vida e como for necessário. 
Existe uma eterna discussão sobre alguns termos que usamos no dia a dia tal como talento, dom, habilidades e pontos fortes. Tenho certeza que você já ouviu tais palavras em contextos muito diferentes.

Então: 
O que é talento para você? O que é um ponto forte? 
Qual o seu ponto forte? O que faz de melhor?

Se perguntarmos isso para 50 pessoas, teremos 50 definições diferentes, pois não existe realmente uma definição exata para o uso de cada palavra. Contudo, muitos autores usam o termo ponto forte para algo que você tem facilidade para fazer, que gosta de fazer e que os outros reconhecem que você é bom naquilo. 
Por exemplo, toda empresa tem o gênio do excel, o cara que sabe todas as formulas e cria planilhas magicas para usar no dia a dia. Um ponto forte desta pessoa é a capacidade de entender o problema e procurar uma solução adequada. Normalmente são pessoas persistentes que querem chegar a uma conclusão plausível. 
Ou seja, é uma pessoa que tem facilidade com números, que gosta deste lado analítico e que é reconhecido como um craque do Excel. Isso é um ponto forte.

Muitas vezes, temos facilidade em fazer algo, as pessoas sabem que somos bons naquilo mas não gostamos de realizar tal tarefa. Então, você não pode considerar isso um ponto forte, pois será muito difícil de investir tempo e dedicação para melhora-lo cada vez mais e aquilo te trará uma insatisfação tremenda. 
E sim, você leu direito: tempo e dedicação para aperfeiçoar seu ponto positivo! Já volto esta parte…
Outra situação muito normal é você se acha muito bom naquilo e gosta de fazer. Mas as pessoas não te reconhecem como tal. Essa é uma situação mais delicada, porque pode ser que não sejamos tão bons assim ou que não sabemos como mostrar tal habilidade.

Enfim, para considerarmos um ponto forte, precisamos ser reconhecidos por isso, ter facilidade e gostar de fazer tal coisa. 
Para mim, o talento e habilidade resultam em pontos fortes. Ou seja, o ponto forte é o lado prático do talento, é como ele se manifesta no dia a dia.
Claro que existem habilidades com enfoques diferentes como as técnicas que são passiveis de aprendizado, ou seja, tarefas voltadas para o lado operacional e que podem ser aprendidas pela maioria, como por exemplo, passar roupa, ou gerar um relatório ou assar um frango. Pode ser que uma pessoa faça melhor ou mais rápido do que outro mas todos que querem aprender esse tipo de tarefa, conseguem. 
Agora, habilidades voltadas para o lado estratégico são mais complexas pois normalmente envolvem o fator humano (relacionamento com outras pessoas), decisões assertivas (decisões bem focadas) e pressão. 
Por exemplo, ser um líder de uma equipe. Essa tarefa é bastante difícil, pois você precisa liderar e engajar sua equipe precisa compreender o trabalho de todos, responder as pressões internas da empresa e ainda garantir bons resultados e atingimentos de objetivos.

Uma parcela consegue fazer e uma parcela menor ainda consegue fazer com perfeição. E uma coisa é não fazer um relatório tão bem quanto outra pessoa e outraaaa coisa é não ser um líder tão bom quanto outra pessoa. O impacto das atividades é muito maior. 
O desempenho em atividades estratégicas depende de nossa personalidade, passado, criação, habilidades e etc. E aprender e mudar esse tipo de coisa é bastante complicado. 
Aprendi com um professor que quando você exerce um trabalho que demanda algo que você considera como seu ponto fraco, é necessário trabalha-lo. Agora, se a sua ocupação não considera aquilo; nem se incomode. Afinal, por que você vai melhorar um ponto que não vai adicionar nada naquele momento? 
Precisamos nos concentrar nos nossos pontos fortes como disse acima neste texto. Temos uma tendência de querer melhorar um ponto fraco. Mas esse tempo podia ser investido em um ponto forte para transforma-lo em seu ponto de destaque.

Lembre-se seus pontos fracos dificilmente serão pontos muito fortes no futuro. Você apenas os trará para a média. Agora um ponto forte quando trabalhado pode ser algo que te evidencie no mercado de trabalho e na vida. 
Para que gastar tempo trabalhando um ponto fraco que tem pouco impacto na sua vida, se você pode aperfeiçoar algo que você já é bom e se tornar muito bom?
No final das contas, é uma questão de prioridades. Se você escolher suas prioridades focando em pontos fracos que vão melhorar um pouco algumas de suas habilidades, você se tornará um profissional mediano. Se você escolher suas prioridades focando em melhorar ainda mais seus pontos fortes, você será reconhecido por algo que é muito bom.

Então, você quer ser mediano e passar despercebido ou usar suas habilidades para se destacar e ser um profissional/pessoa melhor? 
E afinal, quem quer ser mediano? Acho que ninguém. Por isso mesmo que você deve tomar cuidado para criar um planejamento que te leve para cima e não para o lado. Entende?

Tomamos algumas atitudes de modo automático e sem perceber. Às vezes, como algo é obvio não prestamos muita atenção e acabamos por falhar justamente neste ponto. 
Todos têm pontos fortes, fracos, talentos a descobrir e habilidades; precisamos nos conhecer e saber usar o lado bom em prol de nosso sucesso, vida e felicidade.

Faça. Mude. Aconteça.

 

Post publicado no Portal Administradores por Mariana Paulon.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s