Você consegue ouvir um insulto sério sem explodir?

Você consegue ouvir um insulto sério sem explodir?

Thinkstock

Quando um profissional decide passar da carreira técnica para a de liderança, deve ser capaz de identificar os elementos do cenário no qual irá exercer sua função.

Toda vez que ignorar esses elementos, vai se comportar como o indivíduo que tenta sair de uma sala pela janela, ignorando que está no décimo segundo andar de um prédio. Como resultado, vai gastar muita energia, muitos recursos e correr sério risco de acidentar-se.

Entretanto, o cenário no qual a liderança é exercida somente é visível com a reflexão do líder sobre algumas perguntas-chave. E a primeira delas é: “Você consegue lidar com um insulto sério sem explodir?”

Se, em algum momento em sua carreira de líder, você se sentir insultado, seja bem-vindo à liderança! Líderes são insultados! É só você observar quem são as pessoas mais insultadas do planeta: juiz de futebol, gerentes, donos de empresas e, é claro, presidentes.

Por que isso acontece?

Ao liderar, você poderá, eventualmente, provocar emoções indesejáveis nas outras pessoas, como: ansiedade, frustração e raiva.

Se isso ocorrer, o indivíduo, ou grupo de indivíduos, poderá querer expressar essa emoção de muitas formas, até mesmo com um insulto. Portanto, o primeiro elemento do cenário no qual a liderança é exercida é: a emoção das outras pessoas.

Sua capacidade de lidar com esse contexto depende de como você lida com sua própria emoção. Ela é o segundo elemento desse cenário.

Ser capaz de lidar com esses dois fatores requer preparo e experiência. Por essa razão que não é muito aconselhável a ascensão de pessoas imaturas a cargos de liderança. Elas irão se perder em meio a essas questões.

Por outro lado, pessoas experientes e preparadas podem oferecer grandes exemplos:

Conta-se que, certa vez, ao visitar a UNE no Rio de Janeiro, o presidente Juscelino Kubitschek foi vaiado por estudantes descontentes com o aumento da passagem de bonde, entre outras questões. Do instante em que chegou ao momento em que ingressou no auditório, as vaias foram intensas.

Ocupou seu lugar no palco, esperou pacientemente pelo cessar das vaias, olhando, de tempos em tempos para o relógio. Quando elas finalmente terminaram, ele iniciou seu discurso dizendo: “Bendito o país em que seus estudantes podem vaiar o seu presidente durante quatro minutos, com a certeza de que nada lhes acontecerá.”

Seguiram-se aplausos calorosos.

Claro que ser capaz de encarar uma plateia hostil requer muita integridade, pois, de outro modo, você não terá a consciência tranquila o bastante para organizar as ideias e as palavras.

Muitos desejam ser líderes somente pelo poder e dinheiro que o cargo proporciona. Mas, se você quiser fazer diferença no mundo, seja líder para cumprir um propósito maior. Um propósito de construção, que permita a coexistência e o crescimento de todos. Ao defender sua causa, prepare-se para os percalços e as agruras que todos aqueles que lideram têm de aguentar.

E mantenha-se firme em sua jornada!

Vamos em frente!

 

Post publicado no Portal Administradores por Silvio Celestino.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s