Autoconhecimento x Sucesso

A cada dia notamos que o que diferencia os profissionais mais e mais não são somente os títulos, diplomas e certificados em seu currículo. Isto não é mais suficiente! O profissional que vem se destacando é aquele que investe tempo em conhecimentos técnicos sim, mas, fundamentalmente, estabelece um tempo para se conhecer, desenvolver habilidades, digamos, não-técnicas e encontrar seu propósito de vida.

É esperado do profissional de sucesso que este tenha dedicado cerca de 10.000 horas de estudos antes de destacar-se. Mozart, aos 6 anos, já teria estudado 3.500 horas de piano. Bill Gates, Michael Jordan e Zico – casos de sucesso indiscutíveis – tinham em comum as horas de dedicação às suas atividades e treinos.

Segundo estudos do departamento de psicologia da Universidade da Flórida, perseverança, resiliência, motivação e habilidade social são algumas das competências comportamentais comumente observadas em indivíduos de sucesso. Desenvolver essas competências é uma faceta do autoconhecimento. Então, por que não dedicar parte daquelas 10.000 horas a conhecer-se, perceber seus pontos fortes ou aqueles para desenvolver ou aperfeiçoar? Esse caminho tornou-se obrigatório se almeja chegar ao pódio. O autoconhecimento habilitará o indivíduo a diferenciar-se da massa.

Outro aspecto destaca-se naqueles que têm sucesso: o senso de propósito. Por que fazem o que fazem? Para que e para quem fazem o que fazem? Elenco abaixo sete das características observadas em indivíduos que encontraram seus propósitos e chegaram ao sucesso:

1. Praticam e estimulam o autoconhecimento profundo.
2. Possuem valores estabelecidos e são idealistas.
3. São resilientes e encaram a adversidade como mola propulsora ao sucesso.
4. Têm visão sistêmica.
5. Celebram a diversidade.
6. Têm a habilidade de colocar as coisas num contexto mais amplo.
7. São espontâneos.

 

Post publicado no Portal Administradores pelo Alexandre Prado.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

5 dicas para aumentar sua autoconfiança.

Não é de hoje que sabemos a importância da autoconfiança em nossas vidas. Estamos a todo o momento sendo bombardeados por esta palavra que definitivamente caiu no gosto popular.

Pessoas autoconfiantes são cada vez mais admiradas, estudadas e observadas, na tentativa de se compreender e até mesmo reproduzir seu comportamento de sucesso.
No ambiente profissional, pessoas autoconfiantes se destacam rapidamente, e acabam muitas vezes por construir uma carreira da qual muitos sonham, de maneira própria e totalmente autentica.

Quando falamos em consolidação de carreira, acredito que podemos compará-la a uma construção, talvez por atuar nesta área, esta seja a melhor definição que me ocorre no momento, carreiras e construções precisam de uma boa fundação para se sustentar, ambas precisam de base sólida para se manter em pé.

Mas como construir uma base sólida para nossa vida profissional?

A primeira coisa que precisamos, é realmente acreditar que somos capazes. Sim, isto é uma frase clichê, mas você deve concordar comigo que se não fosse verdade, tal afirmação já havia sido esquecida há muito tempo.

O fato é que o primeiro passo para uma carreira bem sucedida não está em uma boa faculdade, títulos de graduação ou cursos de especializações. O primeiro passo está dentro de você e se chama autoconfiança.

Isto não significa desmerecer ou deixar de lado o conhecimento que temos, pois ele também compõe boa parte da base que precisamos para evoluir profissionalmente, mas antes disso, é necessário acreditar e nos colocar como pessoas capazes para conseguir o que quer que seja até mesmo adquirir maiores conhecimentos.

É a autoconfiança que faz com que possamos decidir que rumo devemos tomar, por isso é tão importante que você cuide dos pensamentos que moram dentro de sua cabeça, eles são determinantes em sua vida.

As barreiras para seguir em qualquer área, somos nós mesmos quem criamos, e da mesma forma que somos criativos para nos impor limites, também podemos superar o que nos impede de seguir adiante.

Somos aquilo que escolhemos nos tornar, portanto comece a acreditar mais em você, esta é a melhor forma de trilhar uma carreira e uma vida de sucesso.

Confira as dicas para fortalecer a sua autoconfiança:

Pense positivo – Estudos da neurociência apontam que pensar positivo, altera significativamente regiões do cérebro ligadas a emoção e ao planejamento estratégico. Quando pensamos no lado bom das coisas, deixamos o caminho livre para que o pensamento flua, encontrando melhores saídas para o que precisamos e consequentemente aumentando as chances de que as escolhas sejam mais acertadas. Pensar positivo, além de fazer bem para a mente, ainda afeta o comportamento das pessoas que nos cercam, gerando um ciclo de bem estar e animosidade a sua volta – vale a pena investir.

Deixe a espontaneidade fluir – Passamos tempo demais focados, buscando objetivos ou procurando cumprir metas, existem momentos que precisamos deixar de lado a seriedade e nos permitir agir espontaneamente. A correria do dia a dia, nos faz perder este lado que é fundamental para a criatividade e até mesmo para a organização dos pensamentos. Se ficarmos pensando somente no que podemos ser ou ter, acabamos por deixar de aproveitar o que temos de melhor agora – Brinque, se divirta, permita-se em alguns momentos e deixe a espontaneidade fluir!

Saiba que você é uma pessoa única – Não existe outra pessoa igual a você no mundo, sua voz, suas características físicas, seu conhecimento e suas experiências, são individuais e constitui tudo aquilo que faz ser a pessoa que você é. Se comparar neste caso, acaba por se tornar descabido, procure olhar para o que você tem de melhor, não em relação aos outros, mas em relação a si mesmo, sua singularidade é seu principal diferencial.

Valorize suas características – Um ponto fundamental para a autoconfiança é a valorização de características especificas. Pessoas autoconfiantes sabem reconhecer e valorizar cada ponto forte que possuem e assim acabam por conquistar aquilo que desejam. Se você tem uma voz impactante, utilize-a a seu favor, procure conhecer o que você acredita ter de melhor, valorize suas qualidades, são elas as ferramentas disponíveis para que você possa fazer aquilo que gostaria de fazer. Potencialize o que você tem de melhor, trabalhe a favor de si mesmo, valorize-se.

Acredite em si mesmo – Se você não acreditar em seu potencial, as outras pessoas também não acreditarão isto é algo que pode ser inexplicavelmente sentido. Quando não acreditamos em nosso potencial, acabamos por destacar esta insegurança de maneira inconsciente, fazendo com que outras pessoas também não acreditem naquilo que somos. O primeiro passo para desenvolver a autoconfiança, começa em acreditar que somos capazes, esta é a base sólida que precisamos para edificar o que quer que seja, isto em qualquer aspecto da vida. Portanto, afaste as duvidas que tem em relação ao que você consegue. Somos aquilo que acreditamos ser, e nos tornamos justamente aquilo que escolhemos nos tornar.

 

Post publicado no Portal Administradores pela Gisele Meter.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!