12 PERGUNTAS PRA QUEM QUER CRESCER

1. Que tal não querer apenas ouvir coisas agradáveis?

2. Que tal aprender com humildade?

3. Que tal reconhecer que não é o sabichão?

4 Que tal não resistir a dar o braço a torcer apenas por orgulho?

5. Que tal respeitar os resultados de quem deve se tornar o seu referencial?

6. Que tal ouvir, refletir e se desarmar em vez de ficar se defendendo?

7. Será que o que você acha que é grande coisa realmente é grande coisa ou você foi condicionado a adotar referenciais muito baixos?

8. Que tal rever os seus valores quando perceber que os seus resultados estão na melhor das hipóteses na média, em outras palavras, no máximo na mediocridade?
(mediocridade = na média)

9. Que tal ousar a acreditar que você pode mudar, ou melhor, revolucionar a sua forma de pensar e por consequência revolucionar os seus resultados?

10. Que tal enxergar o mundo por um outro ângulo?

11. Que tal seguir caminhos diferente das grandes massas a fim de conquistar resultados diferentes?

12. Que tal perguntar mais em vez de querer ficar sustentando o mundinho que lhe apresentaram?

 

Post publicado no blog Geração de Valor pelo Flávio Augusto.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

6 passos para saltar do precipício e chegar aonde você deseja

Shutterstock
A circulação do ar em seus pulmões vai abastecer sua criatividade
 

Fazer coisas difíceis não é uma questão de sorte, de pensar à frente de todos ao seu redor ou de arquitetar o plano perfeito. Trata-se de se colocar em uma situação desconfortável, na qual você seja forçado a mostrar um desempenho fora do comum.

Você não saltaria naturalmente da borda de um penhasco e escalaria o caminho de volta para a segurança. Você não arriscaria propositalmente sua vida em um desafio quando é forte o suficiente para ir direto à ocasião.

Então você fica longe da borda. Joga de modo seguro

Não perca a oportunidade de testar os limites de sua grandeza. Em vez de ganhar novos músculos, desenvolver novas habilidades, aperfeiçoar novas técnicas e vencer novos desafios, você se convence de ingressar na mediocridade. Você faz tudo à sua própria maneira.

Para ser melhor, você deve se colocar em uma posição assustadora, onde a falha pareça algo provável. Você tem que encontrar situações mais arriscadas do que normalmente permitiria. Batalhe com os concorrentes que são mais fortes, mais rápidos e, às vezes, mais inteligentes.

Não é tão assustador quanto parece:

1. Dê o primeiro passo – não tente resolver o problema todo, apenas dê o primeiro e pequeno passo à frente.

2. Se assusta você, tente – você vai se educar para parar de recuar diante da incerteza e do medo.

3. Caia com a cabeça para cima – quando as coisas forem mal, orgulhe-se porque fez o possível enquanto outros recuaram.

4. Tente de novo, rapidamente. Com mais força – você pode estar à altura da tarefa se colocar mais esforço, paixão e risco.

5. Seja um pouco mais honesto – mentir é mais fácil do que tentar. Se você se sair bem no primeiro, continuará falhando no outro.

6. Cure seu corpo, mente e carteira – é difícil viver com poder quando não se está tomando decisões inteligentes.

Empurre-se para fora da borda

A circulação do ar em seus pulmões vai abastecer sua criatividade. Você descobrirá tudo que precisa saber. E quando aterrissar – e o que mais temia for apenas um sonho distante – você será mais forte pela luta. Poderoso. Iluminado. Motivado. E um pouco mais impressionado com sua própria capacidade de fazer grandes coisas.

Artigo originalmente publicado no blog Danwaldschmidt e cedido gentilmente ao Administradores.com.

Tradução: Dandara Costa

 

Post publicado no Portal Administradores pelo Dan Waldschmidt.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!