10 maneiras de se tornar um alfa

Shutterstock
 

Sua personalidade é a única coisa entre você e seu sucesso. Pessoas com personalidade alfa são aquelas capazes de liderar, de tirar o melhor dos seus colaboradores. Se você está sentado pensando que gostaria de ser um alfa, é melhor ficar sabendo que apenas 2% deles têm todas as habilidades de liderança inatas – os outros 98% as desenvolvem.

Há dez maneiras de começar a cultivar uma personalidade alfa, de acordo com o site Lifehack. Confira abaixo:

1. Tudo começa com uma visão

A visão do que você realmente deseja para si é a coisa mais poderosa que existe. Uma vez visualizado isso, é questão de correr atrás para conquistar seus ideais. Veja a si mesmo como uma pessoa com personalidade alfa – bem sucedida, confiante, carismática – e naturalmente você capturará as atenções de todos.

2. Trabalhe na sua postura

Em um TED Talks, a psicóloga Amy Cuddy, fala sobre as evidências de que sua linguagem corporal molda quem você é. Olhe as pessoas nos olhos, pareça confiante e ande como se fosse direto ao ponto, ou então você parecerá subordinado e receberá essa resposta dos outros.

3. Abrace o empresarial

Não apenas saia da zona de conforto, mas crie todo o seu estilo de vida fora da zona. Pessoas com personalidade alfa vivem em zonas de desconforto. Por isso, haja como um empreendedor e corra riscos. Há poucas recompensas sem riscos.

4. Pare de seguir, comece a liderar

A partir do momento em que você decide tomar o controle da sua vida, você se torna um líder de si mesmo e os outros o verão como alguém a ser seguido – uma inspiração.

5. Delete o “não” do seu vocabulário

Veja a possibilidade em tudo. Desenvolva determinação e nunca deixe um problema sem resolução.

6. Sorria

Naturalmente, seres humanos refletem o humor e ações das pessoas com quem se relacionam. Se você faz os outros se sentirem bem, você será o tipo de pessoa que elas vão querer ter por perto e assim você exercerá mais influência.

7. Pule o efeito espectador

Pessoas com personalidade alfa não esperam o trabalho ser feitos por outros: elas vão lá e fazem. Se você vir uma situação que precisa ser resolvida, proponha uma solução sem hesitar.

8. Vista-se para impressionar

É impossível não julgar um livro pela capa. Assim, como é impossível não formar uma opinião sobre alguém apenas olhando o jeito que ela se veste. A forma de se vestir é uma expressão da sua personalidade, por isso os alfas são práticos e podem vestir basicamente qualquer coisa que quiserem.

9. Encontre um mentor

Assim como todos os bons atletas têm um treinador, todos os empresários de sucesso têm um mentor. Procure alguém que seja a personificação daquilo que você quer ser e aprenda com ela.

10. É confiança, não arrogância

Se você cruza a linha entre a confiança e a arrogância, sua personalidade passará de admirada para desprezada. O seu sucesso depende de como você trata as pessoas. Seja direto, mas não exija. Seja ousado, mas não impertinente.

 

Post publicado no Portal Administradores pela Redação.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

 

Como elevar o padrão do seu negócio?

Um negócio lucrativo, com uma equipe preparada e que valorize a qualidade no atendimento aos clientes nos dias de hoje ainda é considerado um privilégio para muitos empresários. A questão é que não existe filosofia empresarial que se perpetue sem resultados e não há companhia que perdure sem que haja uma filosofia de trabalho.

Por essa razão, existem negócios mais interessantes e alinhados com a realidade de mercado e outros que apenas sobrevivem. Para obter algo diferente é necessário fazer algo diferente em vez de ser apenas mais um na multidão, afinal, por qual razão os clientes deveriam comprar da sua empresa se os preços em geral se equivalem?

Eis uma questão intrigante para a qual vale a pena investir tempo e reflexão. Jerônimo Mendes, administrador, coach, escritor e professor titular das disciplinas de empreendedorismo, estratégias empresariais, negociação, execução e toma de decisão para os cursos de MBA da EBS – Estação Business School – dá dicas e compartilha alguns insights que vão ajudar muitos profissionais a mudar a maneira de pensar a respeito do seu negócio e da sua equipe.

1. Você não administra mais um Ponto de Venda qualquer: você administra um negócio que interage com outros negócios, produz renda e empregos, sustenta famílias inteiras, gera impostos e promove o crescimento econômico da sua cidade, portanto, deve pensar como empreendedor. Na prática, você pode administrar um negócio que concentra um alto volume de dinheiro, mas o lucro depende da eficiência e requer competências que vão além de abrir e fechar o caixa todos os dias. Sem uma gestão profissionalizada, estratégia convincente e diferencial nos seus produtos e serviços não há negócio que resista.

2. Você não precisa mais de auxiliares, atendentes e telefonistas: esses nomes são convenções estabelecidas pela legislação, sindicatos e planos de cargos e salários. Na prática, o que sua empresa mais precisa é de colaboradores alinhados e comprometidos com a filosofia de trabalho adotada para o negócio, não importa o cargo ocupado. É fácil obter comprometimento das pessoas? Claro que não, entretanto, isso não deve servir de desculpa para não continuar tentando. Os colaboradores são o espectro do líder e do seu estilo de liderança e ainda há muita gente disponível interessada em mostrar um bom trabalho.

3. Você não precisa mais de uma bandeira ou de uma marca específica: é importante representar uma bandeira ou uma marca de peso? A maioria dos empreendedores, se pudesse, estaria vinculada a grandes marcas, tais como: McDonalds, Apple, Burger King, Cacau Show, IBM, Montblanc e Natura, porém, isso custa caro. Na prática, o desprezo ao cliente, produtos de baixa qualidade e atendimento mal feito nunca serão compensados por uma companhia de peso, não importa a marca que você representa. Se a marca fizesse tanta diferença assim, o padrão de atendimento da maioria não seria aquela lástima que estamos acostumados a encontrar. Por essa razão, muitas franquias também não resistem ao primeiro ano de funcionamento. O nome ajuda, mas o relacionamento com os empregados, o seu jeito de fazer negócio e a sua maneira de tratar os clientes farão toda diferença.

4. Você não vende mais um simples produto, serviço ou mercadoria: arroz, chá, café, chocolate, livros, roupas e outros itens de consumo estão disponíveis na Internet ou em qualquer esquina da cidade, portanto, ninguém precisa ir até a sua loja para comprar. Na prática, o que o cliente mais deseja é visual, comodidade, cordialidade, bom atendimento, rapidez e eficiência. O preço é importante, mas a sua filosofia de trabalho com foco no cliente é ainda mais importante.

Quer elevar o padrão do seu negócio? As palavras de Ken Blanchard, especialista em liderança, são apropriadas para encerrar a lição de hoje: o lucro é o aplauso que você recebe por cuidar bem de seus clientes e criar um ambiente motivador para o seu pessoal.

 

Post publicado no Portal Administradores pela Redação.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

Perdeu a coragem? Então, não há mais nada a perder

A alegria é uma decisão. A felicidade, uma conquista. O sucesso depende de trabalho. Já a realização, de perseverança. Relacionamentos são circunstanciais. Amizades, frutos de investimentos.

Todo mundo quer liberdade, mas poucos querem ouvir a verdade. Subverter a realidade é condição pra quem quer chegar mais longe. Aceitar e curvar-se aos padrões amansa sua ousadia, amordaça seus sonhos e transforma-o em alguém bem diferente, muito longe de sua essência.

Depois de se curvar e perder sua identidade, é impossível ter alegria ou ser feliz, ter sucesso ou realização, ter relacionamentos verdadeiros, ser livre ou realizar seus sonhos.

É necessário coragem para enfrentar a realidade, sair do fluxo e ser verdadeiramente livre. Afinal, como alguém já disse: conheça a verdade, pois somente ela é capaz de promover a liberdade.

 

Post publicado no blog Geração de Valor pelo Flávio Augusto.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!

Um texto para quem quer vencer o sistema

Quem não está disposto a fazer sacrifícios no presente, fará sacrifícios por todo o futuro. Por isso, é preciso ser inteligente e corajoso para ter a ousadia de perder para ganhar.

Tem muita gente que se acha esperta porque faz um monte de cagada na vida. São pessoas que se sentem revolucionárias, autênticas e fora do sistema. E fora do sistema realmente estão. Porém, num lugar muito pior, porque não produzem nada, não ajudam a ninguém e nem vão deixar legado algum para as próximas gerações. Um desperdício.

Acordar tarde, balada de quinta a domingo, beber, cheirar e pegar todas, vagar por uma faculdade sem propósito, matando aulas e colando nas provas às custas do papai são apenas algumas das muitas características dos que despejam a vida na vala fedorenta da mediocridade.

Mas o tempo é implacável. Em breve, eles estarão se lamentando, procurando qualquer subemprego e batendo na porta dos que antes eram tachados de bitolados e otários que não sabiam “aproveitar a vida”.

Ainda dá tempo de mudar. Ainda dá tempo de dar uma virada de 180 graus em sua vida. Você tem muito valor e poderá fazer a diferença na vida de muitos no futuro, contando como foi possível mudar o curso de sua vida, apenas com uma tomada de decisão.

Para vencer o sistema, você não precisa jogar sua vida fora. Para vencê-lo, basta querer ser útil para a humanidade.

Ser autêntico de verdade significa vencer o egoísmo tão corriqueiro nesta sociedade nojenta, remar contra a maré e também compartilhar suas experiências, dando a mão para os mais jovens, que não precisam cometer os mesmos erros que você cometeu.

Seu exemplo será muito bem-vindo, importante e valioso. Coragem para mudar, campeão!

 

Post publicado no blog Geração de Valor pelo Flávio Augusto.

Deixe o seu comentário aqui embaixo!