Qualidade de vida é ser feliz?

Qualidade de vida é ser feliz?

Muita gente associa qualidade de vida com uma vida material farta, valorizando mais o TER que o SER. Simplista demais, não acha?

Discutir qualidade de vida é sempre muito difícil, mas ao mesmo tempo prazeroso. Eu me sinto muito confortável ao abordar o tema com você nesta mensagem porque nosso compromisso é com a oportunidade de aprendermos juntos, compartilhando experiências – sempre sem julgamento ou pré-conceitos.
 
Este é um dos grandes dilemas que apresento no meu novo livro “Dinheiro é um Santo Remédio” (clique para detalhes), uma vez que definir um padrão de vida sustentável não é uma tarefa simples e que pode ser realizada mediante uma fórmula ou opinião de um especialista.
 
O desafio está em submeter a família à uma avaliação que envolva a realidade atual, as necessidades e as prioridades de todos dentro de casa.
 

Como definir o que é qualidade de vida?

Pense um pouco na vida que você leva hoje e na sensação que você experimenta ao lembrar-se daquele amigo que você considera bem-sucedido e cujo estilo de vida você admira. Você tem capacidade de descrever o que é qualidade de vida? O que falta para você considerar a sua vida ideal?
 
Arrisco-me a listar três pontos que considero fundamentais dentro de um escopo amplo de qualidade de vida. Creio que eles mereçam destaque dentro de sua agenda, especialmente se você considera que ainda falta muito para atingir o estilo de vida “ideal”. Confira:
 

1. Cultivo de valores

Nossas ações são reflexos de quem somos e não um produto do que queremos ser. Levando essa realidade em conta, é fundamental que nossos princípios e valores estejam claros para todos aqueles que nos cercam e, principalmente, para nossa família.
 
Mais do que isso, devemos fazer questão de associarmos estes valores aos propósitos de vida e futuro que desejamos criar, ou correremos o risco de viver uma vida baseada em expectativas dos outros e rumo às metas definidas pela sociedade (e não por nós mesmos).
 

2. Liberdade

Os responsáveis por nossas ações sempre seremos nós mesmos. Ainda que isso soe óbvio, não é o que se observa na sociedade atual. Quem se endivida para manter-se socialmente aceito permite que a pressão do consumo decida com quem ele deve se parecer e por quais ideais deve lutar.
 
Gente assim pensa que é livre, mas age apenas mediante ações dos outros – está claramente preso na falta de prioridades. A liberdade, portanto, diz respeito ao quanto nos dedicamos a nós mesmos e às coisas (manias, atividades, momentos etc.) que nos fazem bem (ainda que só digam respeito a nós mesmos).
 

3. Independência financeira

O pilar financeiro é fundamental para permitir que os dois itens anteriores façam sentido dentro de uma sociedade com características materiais. O dinheiro deve ser a ferramenta capaz de proporcionar às nossas famílias uma vida fiel às nossas prioridades, valores e desejos de consumo, mas com frugalidade e respeito ao que somos.
 
A proposta é enxergar no cuidado com as finanças a atividade capaz de equilibrar realidade e sonhos, tirando do dinheiro o aspecto pejorativo (quando ele é relacionado a problemas como endividamento, perda de patrimônio e etc.). O que proponho é mudar o enfoque: deixar de ver o dinheiro como fim e passar a aproveitá-lo agora para ter a sonhada qualidade de vida.
 

Foco na Vida

Eu sempre acreditei que o cuidado com as finanças é uma atividade complementar e que precisa estar associada com propósitos claros de vida, união familiar e muito comprometimento com as pessoas. Encontrei um amigo que pensa assim e, juntos, decidimos compartilhar reflexões e conteúdo sobre crescimento pessoal, equilíbrio e qualidade de vida através do Facebook.
 
Eu e o Leandro Mattera convidamos você a conhecer e curtir a página “Foco Na Vida” – clique em www.facebook.com/canalfoconavida ou na imagem abaixo e conheça melhor.
 
Canal Foco na Vida
 
Despeço-me feliz por mais esta troca de conhecimentos e certo de que juntos levaremos a educação financeira e a cidadania a cada vez mais brasileiros. Obrigado pelo apoio sempre!
 
Forte abraço,
 

Conrado Navarro

Sócio-fundador do Dinheirama.com
Dinheirama.com                                        
Dinheirama.com                                        
Siga-me no Twitter                                        
Siga-me no Twitter                                        
Dinheirama no Facebook                                        
Dinheirama no Facebook                                        
Siga-me no Google Plus                                        
Siga-me no Google Plus
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s